Luiza Ribeiro é defensora das causas LBGT’s e combate a homofobia por uma sociedade menos opressora

capa_blog_mais_cultura_luiza_23700
Artistas manifestam apoio a vereadora Luiza Ribeiro
12 de setembro de 2016
img_2075
Luiza Ribeiro quer mais táxi para Campo Grande
15 de setembro de 2016

Luiza Ribeiro é defensora das causas LBGT’s e combate a homofobia por uma sociedade menos opressora

14040031_953164261459841_8714144239161214951_n

Luiza Ribeiro trabalhou, ativamente, na Câmara Municipal no enfrentamento a todo tipo de violência contra a comunidade LGBT. Desde o início de seu mandato de vereadora pautou a igualdade, seguida do respeito, que para ela deve ser regra e o direito de viver sua orientação sexual não pode ser uma condição de risco.

Em consonância e parceria com movimento LGBT de Campo Grande conquistou e conseguiu implementar importantes ações na Câmara Municipal como a Lei do Uso do Nome Social, derrubada da Lei da Mordaça, colocou em pauta e discussão a criação do Conselho Municipal LGBT, promoveu Audiências Públicas para tratar da saúde, segurança, assistência, e educação da população LGBT, e no Poder Executivo, com apoio Prefeito Alcides Bernal, contribuiu para a criação da Subcoordenadoria de Políticas Publicas LGBT, apoiou a realização da 1ª Conferência Regional de Politicas Públicas e Direitos Humanos da População LGBT de Campo Grande e região que culminou com a entrega do Plano Municipal de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT.

“Todas estas ações e políticas visam construir uma cidade que respeite a diversidade. Infelizmente, ainda vivemos em um país com o maior número de assassinatos por motivações LGBT-fóbicas do mundo. Respeitar a diferença é construir uma cidade melhor, sem violência e sem homofobia. A manutenção das políticas públicas e das ações afirmativas já existentes, e a criação de novos mecanismos que respeite cada especificidade, garantem a proteção da vida e da integridade (física, moral e psicológica) e isso viabiliza a inclusão da população LGBT na sociedade campo-grandense. Tenho compromisso com a população LGBT e reafirmo a construção coletiva do meu próximo mandato. A pauta social será minha diariamente e para tanto deixo a disposição todos os mecanismos, que possam facilitar a comunicação e a colaboração da comunidade LGBT, na construção de uma sociedade menos opressora, consciente e livre de (pré)conceitos”. Comentou a vereadora.