Luiza Ribeiro outorga título de cidadão campo-grandense

Ana Maria Gomes, professora, feminista, incansável na luta por mais igualdade. Nasceu no interior de São Pulo, cresceu e foi criado na cidade de Osasco (SP), e em meados dos anos 70 começou sua brilhante trajetória acadêmica, se graduando e especializando em uma das maiores universidades do mundo: Universidade de Paris l– Pantheon – Sorbonne, França, lecionou e foi responsável por diversos cursos na Faculdade Federal de Mato Grosso do Sul, em graduação em Sócio-Economia do Desenvolvimento. Desenvolveu atividades nas mais diversas áreas em nossa Capital, sendo representante de Fórum de Mulheres de Mato Grosso do Sul na Articulação de Mulheres Brasileiras, entre os anos de 1999 e 2002, bem como desde 2007 é membro do Comitê Politico da Articulação de Mulheres Brasileiras do Estado.

Aldo Euripedes Donizete, companheiro de luta, nasceu em Aparecida do Taboado, formou-se em Direito, exerce o cargo de Analista Judiciário no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desde 1983. Presidiu, durante dois mandatos, o Sindijus/ MS ( Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul), onde desenvolveu diversas politicas em prol da classe. Também desempenhou a função de diretor-presidente da Funsat ( Fundação Social do Trabalho), em Campo Grande. Foi idealizador do Programa Liberta Mulher, que acolhe atualmente 50 mulheres vitimas de violência em Campo Grande.