Luiza Ribeiro luta contra a intolerância religiosa

A vereadora Luiza Ribeiro foi autora do projeto de criação do Vale dos Orixás em Campo Grande, um espaço destinado as praticadas das religiões de matrizes africanas e ameríndias, como o candomblé e a umbanda, e também, reivindicou a isenção tributária de IPTU aos templos e terreiros, assim como nas demais religiões.

“A lei deve ser a mesma para todos, se as religiões católicas, evangélicas, etc. possuem inserção, porque as ameríndias não podem ter, questionamos e reivindicamos a isenção, pois acreditamos que cada pessoas têm direito de expressar sua fé e sua religião, e ações como estas possibilitam a construção de uma sociedade mais justa, e mais tolerante”, comentou a vereadora.

Luiza colaborou ainda com a realização das três edições do Seminário da FECAMS, que teve a participação de várias autoridades da umbanda e candomblé de todo Brasil, também apoiou a realização da Festa do Caboclo na praça do Preto Velho, possibilitando a reunião de vários praticantes das religiões afro e ameríndias quem lutam pelo respeito e contra a intolerância religiosa.